Ataques de morcegos preocupam criadores de gado em Goiás

Leo Lib

Animais podem transmitir o vírus da raiva nos bovinos e a Defesa Agropecuária do estado age para combater o problema. Ataques de morcegos preocupam criadores de gado em Goiás
Criadores de gado de Goiás estão preocupados com o ataque de morcegos hematófagos, que são aqueles que se alimentam de sangue e podem transmitir o vírus da raiva pra pessoas e animais.
Para enfrentar o problema, agentes da Defesa Agropecuária do estado fazem o controle da população desses bichos.

Em Goiás, o combate à raiva faz parte do calendário oficial de vacinação. A imunização é feita duas vezes ao ano: em maio e novembro. Ela é obrigatória em 121 municípios considerados de alto risco. Na primeira etapa, 13,7 milhões de animais foram vacinados.
No resto do Brasil, a vacinação não obrigatória, mas o Ministério da Agricultura orienta que os animais que foram mordidos por esses morcegos sejam vacinados.
No ano passado, o ministério registrou 1.053 casos de raiva em animais em todo o país. No primeiro semestre deste ano 451 animais foram contaminados, número menor que os 527 casos do mesmo período de 2018.
Veja como é o trabalho de combate aos morcegos na reportagem acima.

Deixe uma resposta

Next Post

A pequena comunidade na Bósnia que fala o idioma quase perdido dos judeus expulsos da Espanha

Estávamos a caminho da sinagoga Ashkenazi, em Sarajevo, capital da […]