Homem pede na Justiça que Nasa investigue rocha “viva” em Marte

O americano Rhawn Joseph, autor de diversos livros com assuntos que vão da vida alienígena aos ataques de 11 de setembro, pediu em um tribunal da Califórnia que a Justiça americana obrigue a Nasa a investigar mais detalhadamente uma misteriosa rocha que foi registrada pela sonda Opportunity, que está em Marte. Joseph, que se autointitula cientista, diz o objeto é um ser vivo. As informações são do site da revista Popular Science.

A rocha apareceu misteriosamente em uma imagem da sonda Opportunity, em Marte. Uma fotografia tirada do mesmo ponto dias antes não mostrava a pequena pedra.

A ação judicial é direcionada ao chefe da Nasa, Charles Bolden. No pedido, Joseph afirma que ao examinar a imagem, o objeto parece germinar de esporos. Ele afirma que a “rocha” estava lá o tempo todo, só que cresceu com o tempo.

“A recusa em tirar fotos de vários ângulos, a recusa em registrar imagens microscópicas do espécime, a recusar em divulgar imagens de alta resolução é inexplicável, imprudentemente negligente e bizarra”, diz o pedido.

O americano diz ter entrado em contato com vários funcionários da agência espacial, mas não obteve retorno. Na ação, ele pede que a Nasa registre 100 fotos de alta resolução em foco de todos os ângulos e em boas condições de luminosidade e 24 imagens microscópicas em foco.

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Homem pede na Justiça que Nasa investigue rocha “viva” em Marte

Deixe o seu comentário

Você deve estar logado para comentar.