Fifa aprova novas medidas contra o racismo no futebol

A Fifa aprovou novas regras contra o racismo no futebol nesta sexta-feira (30), durante o 63º Congresso da entidade, realizado nas Ilhas Maurício. Com 99% dos votos, as federações concordaram em tornar mais rígidas as punições em caso de preconceito racial.

Com as novas regras, clubes podem até mesmo ser expulsos do futebol, dependendo da gravidade do caso. De acordo com as novas medidas, demonstração de racismo pela torcida pode resultar em advertências e multa. Se o caso se repetir, o clube perderá pontos. Os casos mais sérios causarão a expulsão de clubes e jogadores.

A Fifa já vinha demonstrando menos tolerância com racismo. Incidentes racistas no ano passado resultaram em fortes multas contra a federação da Sérvia. Neste ano, a federação grega puniu um jogador que fez a saudação nazista ao comemorar um gol.

Apesar da aprovação histórica, o 1% das federações que votou contra a medida incomodou o presidente da Concacaf e chefe da força-tarefa contra o racismo da Fifa, Jeffrey Webb. “Eu gostaria de acreditar que esse 1% votou contra por engano. Mas fico contente que apenas uma parcela tão pequena foi contra”, disse.

A polêmica no Congresso ficou por conta de direitos gays. O Catar, sede da Copa do Mundo de 2022, proíbe a homossexualidade. O presidente da Fifa, Joseph Blatter, disse que não acredita que a homofobia é um problema tão grave quanto o racismo. “Eu não acho que isso é parte do racismo, acho que é mais uma coisa de moral e ética”, disse Blatter, ao ser questionado sobre torcedores gays que queiram assistir a Copa no Catar.

Além das regras sobre racismo, o Congresso da Fifa também elegeu a primeira mulher a um cargo no Conselho Executivo, a burundinesa Lydia Nsekera, e decidiu que a escolha da sede das Copas do Mundo passará a ser feita em eleição no Congresso, e não apenas pelo Conselho Executivo. A mudança busca evitar casos de corrupção e propina na escolha das sedes.

Foto: Jamie McDonald/FIFA via Getty Images

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Fifa aprova novas medidas contra o racismo no futebol

Deixe o seu comentário

Você deve estar logado para comentar.