Análise confirma que carta para Obama tinha veneno, diz TV

Segundo a rede americana CNN, exames do FBI identificaram ricina.
Prefeito de Nova York também era alvo do atentado.

Exames feitos por especialistas do FBI – a polícia federal norte-americana – encontraram “concentrações muito baixas” de uma substância venenosa ricina em uma carta endereçada ao presidente Barack Obama, segundo a rede de televisão “CNN”.

Ainda segundo a televisão norte-americana, o mesmo veneno foi encontrado em cartas que tinham como destino o prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, e um grupo que defende o controle da venda de armas.

As cartas haviam sido interceptadas na quinta-feira (30), consideradas suspeitas, mas a confirmação de que elas realmente continham o veneno dependia de análises de laboratório. Segundo a “CNN”, essa confirmação veio na noite de sexta (31).

A ricina é um veneno de origem vegetal e pode ser fatal, inclusive em pequenas quantidades. Dez gramas podem matar um homem de 100 quilos e o antídoto ainda não é conhecido.

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Análise confirma que carta para Obama tinha veneno, diz TV

Deixe o seu comentário

Você deve estar logado para comentar.