Brasileiro Tony Kanaan vence pela primeira vez as 500 Milhas de Indianápolis

O brasileiro Tony Kanaan entrou para a história das 500 Milhas de Indianápolis ao vencer neste domingo a 97ª edição de uma das mais tradicionais provas do automobilismo. O piloto da KV ocupou as primeiras colocações da prova desde as voltas iniciais e garantiu o seu inédito triunfo na quinta etapa da temporada 2013 da Fórmula Indy.

A vitória de Kanaan nas 500 Milhas de Indianápolis veio após o brasileiro superar a decepção na etapa anterior do campeonato da Indy, disputada em São Paulo, onde o piloto da KV chegou a lutar pela vitória, mesmo sofrendo com as dores na mão direita lesionada, mas sofreu uma pane seca.

Com a vitória deste domingo, Kanaan se tornou o quarto piloto brasileiro a vencer as 500 Milhas de Indianápolis. Antes, Hélio Castroneves, que terminou a prova deste domingo na sexta colocação, conquistou três triunfos, Emerson Fittipaldi ganhou duas vezes e Gil de Ferran obteve o outro triunfo. Assim, agora são sete vitórias brasileiras em Indianápolis, sendo que a última havia sido em 2009, com Helinho.

Neste domingo, Kanaan largou apenas da 12ª colocação nas 500 Milhas, mas adotou um estilo bastante agressivo desde as voltas iniciais, tanto que assumiu a liderança da prova pela primeira vez na nona das 200 voltas da tradicional prova. Além disso, ficou entre os cinco primeiros colocados durante quase toda a corrida.

Em uma prova com apenas cinco bandeiras amarelas, três delas na primeira parte da corrida e duas nas voltas finais, os pilotos fizeram intensa disputa pela liderança, com mais de 10 se revezando na primeira colocação, entre eles Ryan Hunter-Reay, Marco Andretti e Tony Kanaan.

As diversas trocas de posição na liderança também aconteceram como uma estratégia dos pilotos, que também se preocuparam em economizar combustível para evitar a realização de um pit stop extra, principalmente porque as 500 Milhas de Indianápolis tiveram menos bandeiras amarelas do que costuma acontecer.

A primeira bandeira, na nona volta, foi provocada por J.R. Hildebrand, que em 2011 perdeu a vitória na última curva das 500 Milhas ao sofrer acidente. Sebastian Saavedra bateu na volta 36 e provocou nova paralisação. Já Takuma Sato perdeu controle do seu carro na 57ª volta, mas mesmo assim conseguiu permanecer na corrida.

Nas últimas 15 voltas, a disputa pela liderança entre Hunter-Reay e Kanaan se intensificou. Eles trocaram posições diversas vezes, até que a sete voltas do fim, quando o brasileiro ocupava a segunda colocação, o norte-americano Graham Rahal sofreu acidente e provocou a penúltima bandeira amarela da prova.

Na relargada, faltando três voltas, Kanaan assumiu a liderança ao ultrapassar Hunter-Reay. Em seguida, um acidente com o escocês Dario Franchitti, dono de três vitórias em Indianápolis, provocou nova bandeira amarela. Sem tempo para que a pista fosse limpa, a bandeira quadriculada para o piloto brasileiro foi dada ainda sob bandeira amarela, sacramentando a primeira vitória do baiano na Indy desde 2010 e pela KV.

Além de Kanaan, o estreante colombiano Carlos Muñoz também superou Hunter-Reay na relargada que definiu as 500 Milhas de Indianápolis e terminou na segunda colocação, sendo a principal surpresa desta edição da prova, logo à frente do atual campeão da Indy.

Andretti, que chegou a lutar pela vitória das 500 Milhas de Indianápolis, terminou a prova na quarta colocação, seguido pelo inglês Justin Wilson e por Helinho, que sempre esteve nas primeiras posições, mas nunca chegou a lutar efetivamente pela vitória neste domingo.

A.J. Almendiger, Simon Pagenaud, Charlie Kimball e Ed Carpenter, que foi o pole position das 500 Milhas de Indianápolis, completaram as 10 primeiras colocações da corrida. Já a brasileira Bia Figueiredo ficou na 15ª posição.

Após as 500 Milhas de Indianápolis, a próxima etapa da Indy será disputada nos dias 1º e 2 de junho, quando será realizada uma rodada dupla no circuito oval de Detroit.

Confira o resultado final das 500 Milhas de Indianápolis:

1) Tony Kanaan (BRA/KV)

2) Carlos Muñoz (COL/Andretti)

3) Ryan Hunter-Reay (EUA/Andretti)

4) Marco Andretti (EUA/Andretti)

5) Justin Wilson (GBR/Dale Coyne)

6) Hélio Castroneves (BRA/Penske)

7) A.J. Almendiger (EUA/Penske)

8) Simon Pagenaud (FRA/Schmidt)

9) Charlie Kimball (EUA/Ganassi)

10) Ed Carpenter (EUA/Ed Carpenter)

11) Oriol Servia (ESP/Panther)

12) Ryan Briscoe (AUS/Ganassi)

13) Takuma Sato (JAP/Foyt)

14) Scott Dixon (NZL/Ganassi)

15) Bia Figueiredo (BRA/Dale Coyne)

16) Tristan Vautier (FRA/Schmidt)

17) Simona de Silvestro (SUI/KV)

18) EJ Viso (VEN/Andretti)

19) Will Power (AUS/Penske)

20) James Jakes (ING/Rahal-Letterman-Lanigan)

21) James Hinchcliffe (CAN/Andretti

22) Conor Daly (ING/Foyt)

23) Dario Franchitti (ESC/Ganassi)

24) Alex Tagliani (CAN/Bryan Herta)

25) Graham Rahal (EUA/Rahal)

26) Katherine Legge (ING/Schimdt)

27) Townsend Bell (EUA/Panther)

28) Josef Newgarden (EUA/SFR)

29) Sebastien Bourdais (FRA/Dragon)

30) Pippa Mann (ING/Dale Coyne)

31) Buddy Lazier (EUA/Lazier)

32) Sebastian Saavedra (COL/Dragon)

33) JR Hildebrand (EUA/Panther)

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Brasileiro Tony Kanaan vence pela primeira vez as 500 Milhas de Indianápolis

Deixe o seu comentário

Você deve estar logado para comentar.