Notícias Saúde 

Coronavírus: ‘97% dos doentes se recuperaram’, diz médico francês que ficou em Wuhan

  Médico francês preferiu ficar em Wuhan para cuidar de pacientes com o novo coronavírus. Fantástico também conversou com a médica brasileira que, esta semana, participou do debate na OMS sobre o vírus. Coronavírus: ‘97% dos doentes se recuperaram’, diz médico francês que ficou em Wuhan Já são dois meses de epidemia e pesquisadores do mundo todo ainda se perguntam: como age exatamente o novo coronavírus, o Covid-19? O repórter Álvaro Pereira Júnior conversou com a médica brasileira que, esta semana, participou do debate na Organização Mundial da Saúde. O…

Leia Mais
Notícias Saúde 

‘Só queria me sentir em casa de novo’, diz brasileira que saiu de Wuhan

  Era a penúltima semana de janeiro. Faltavam poucas horas para que a modelo Adrielly Egler, 18, pudesse deixar Wuhan, epicentro da epidemia do novo coronavírus na China, quando o aeroporto onde ela estava junto com uma amiga brasileira foi fechado. “Depois disso, tentamos sair até de carro. Mas fecharam tudo, de uma hora para outra”, relata. A partir daí, começaram as dificuldades. No caminho de volta do aeroporto, as duas passaram em um mercado pequeno no bairro onde moravam. “Mas acabamos indo tarde, e só conseguimos comprar alguns pacotes…

Leia Mais
Notícias Saúde 

Por que o HIV ainda devasta regiões do país mais rico do mundo

    Avanços médicos e tratamentos que surgiram nas últimas décadas derrubaram taxas de transmissão da doença, mas progresso não ocorreu de maneira igual em todas as regiões do país. No ano passado, 37.832 pessoas receberam diagnóstico de HIV nos Estados Unidos Para muitos americanos, a epidemia de Aids que devastou comunidades a partir dos anos 1980 é uma lembrança do passado. Graças a avanços médicos e novos tratamentos surgidos nas últimas décadas, as taxas de transmissão caíram e, se antes um diagnóstico de HIV era considerado uma sentença de…

Leia Mais
Notícias Saúde 

Zika vírus inibe tumor de próstata, diz estudo

  Depois de provocar uma grave epidemia que resultou no nascimento de milhares de bebês com microcefalia, o vírus da zika vem revelando um aspecto tão inesperado quanto positivo: a capacidade de destruir tumores cancerígenos. Um novo estudo publicado na Scientific Reports por pesquisadores da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) constatou que o vírus é capaz de inibir a proliferação de células do câncer de próstata em pelo menos 50%. Não foi o primeiro estudo a constatar essa vocação benigna do vírus. O mesmo grupo da Unicamp, liderado por Rodrigo…

Leia Mais