Esporte Futebol

Palmeiras pede mais tempo ao Nacional para quitar última parcela de Viña

Com o futebol paralisado em meio à pandemia do coronavírus, o Palmeiras pediu ao Nacional-URU mais tempo para quitar a última parcela da compra do lateral-esquerdo Matías Viña, de 22 anos.

A informação foi publicada neste domingo pelo portal Ovación Digital do Uruguai. O destaque do futebol uruguaio foi contratado em janeiro deste ano, mas o valor de 3,5 milhões de euros (R$ 16,5 milhões à época) ainda não havia sido transferido integralmente.

Segundo o site globoesporte, o Verdão acertou o negócio em três parcelas, duas já quitadas no decorrer do último mês de março. O terço final do pagamento estava previsto para abril, mas o Verdão quer pagar apenas no segundo semestre.

O Palmeiras ainda não anunciou um acordo de redução salarial dos atletas, ou demais cortes de despesas. Em contato com a Gazeta Esportiva no início do mês, o clube contou que não comentaria o assunto até que houvesse uma solução definitiva.

Desde que chegou ao Alviverde, Viña assumiu a titularidade na lateral-esquerda e disputou seis partidas, quatro pelo Campeonato Paulista e duas pela Libertadores.

Você também pode gostar...