Adilson comemora virada na 100ª vitória no comando do Cruzeiro: ‘soberano’

Administrador

 

O técnico Adilson Batista gostou do que viu em campo na vitória de virada por 4 a 2 sobre o Tupynambás, em Juiz de Fora. Foi o centésimo triunfo do treinador no comando em duas passagens pelo Cruzeiro.

O resultado colocou a Raposa na liderança isolada do Campeonato Mineiro, com 9 pontos, contra 8 do Atlético, e ainda com um jogo a menos.

Na visão de Adilson, o time celeste dominou todo o jogo.

“Acho que o Cruzeiro foi soberano. Teve domínio, mais posse, mais finalizações. Teve dificuldades em dois lances. Gostei do poder de reação, do controle emocional, que é importante”, analisou.

Para Adilson, os dois gols do adversário, que chegou a fazer 2 a 0 logo aos 13 minutos de partida, foi por felicidade no chute de Weldon Grafite e por vacilo cruzeirense.

“Um lance de uma bola metida. Um rebote onde não encurtamos e o menino acertou um belo chute. E no outro um erro individual. Mas o volume de jogo foi todo do Cruzeiro”, disse.

100ª

A vitória foi a de número cem de Adilson Batista no comando do Cruzeiro. E o treinador não escondeu a satisfação pela marca.

“Eu fico contente. É muito legal, importante para todo profissional. A gente espera uma caminhada longa e árdua. Espero concluir meus objetivos no clube este ano ainda. E agradeço aos meninos também”, concluiu.

 

 

Deixe uma resposta

Next Post

Como o Brasil está se preparando para chegada do coronavírus - listas de hospitais

  Por enquanto, no país, nenhum caso foi confirmado, mas 16 pacientes são suspeitos de terem a infecção. Em todo o mundo, já são mais de 14 mil infectados. Esta semana, a Organização Mundial de Saúde declarou que a infecção pelo novo coronavírus se tornou uma emergência de saúde pública mundial. Os números deste domingo (2) mostram que são mais […]