Conhecimentos Pesquisa 

Pesquisadores encontram fósseis de parente do T-rex que viveu no Brasil

Representação artística de um Nhandumirim waldsangae (Foto: Jorge Blanco)   Um estudo publicado no periódico Journal of Vertebrate Paleontology revelou detalhes sobre uma nova espécie de dinossauro brasileiro. Chamado Nhandumirim waldsangae, o animal pode ser um dos dinossauros carnívoros mais antigos do mundo. Especialistas supõem que ele tenha vivido no período Triássico, há cerca de 233 milhões de anos. Os fósseis do animal foram encontrados em 2012, na unidade geológica conhecida como Formação Santa Maria, localizada no Rio Grande do Sul. Durante um trabalho de campo, pesquisadores da Universidade de São Paulo…

Leia Mais
Conhecimentos Pesquisa 

Novas pesquisas reavaliam o que realmente extinguiu os dinossauros

Dinossauro na selva (Foto: Max Pixel/Creative Commons)   Nas últimas décadas, os cientistas tem se questionado sobre qual fenômeno aniquilou primeiro os dinossauros: o impacto de um asteroide ou erupções vulcânicas? Dois novos estudos publicados na revista Science tentam responder a esta pergunta. Nos anos 1980, pesquisadores apontaram que a Cratera de Chicxulub na Península de Yucatán, no México, foi o local de impacto de um gigantesco asteroide. Outros especialistas focaram a atenção nas Armadilhas de Deccan, província vulcânica da Índia. Usando dois métodos de datação, ambas pesquisas concordaram que erupções vulcânicas contribuíram…

Leia Mais
Conhecimentos Pesquisa 

Caçadores de 40 mil anos atrás eram mais habilidosos do que se pensava

Os primeiros cingaleses transformaram os ossos dos macacos e esquilos que caçavam nesses pontos de projéteis. (Foto: Noel Amano / Nature)   É comum entre muitos cientistas a crença de que em um passado distante, há dezenas de milhares de anos, os seres humanos não tinham recursos para se estabelecerem com sucesso em florestas. Os pesquisadores sabem que os nossos antepassados que migraram por toda África podiam caçar presas grandes, como mamutes. Mas nas florestas, os animais seriam menores e mais difíceis de serem pegos, o que poderia ser uma…

Leia Mais
Conhecimentos Pesquisa 

25 mil neurônios: esta imagem é o melhor mapa já feito de um cérebro

Após mais de uma década de pesquisas, cientistas finalmente chegaram ao maior mapa de conectividade cerebral já criado. O modelo mostra 25 mil neurônios, e 20 milhões de sinapses rolando entre eles. É como um print screen de um cérebro, com todas suas conexões e meandros. A experiência foi feita com o cérebro de uma mosca, devido ao seu tamanho mais… humilde. O inseto possui, em média, 100 mil neurônios, enquanto o ser humano esbanja 86 bilhões. Mesmo assim, só um terço do órgão aparece na ilustração ali em cima.…

Leia Mais
Conhecimentos Pesquisa 

“DNA alienígena” é criado em laboratório nos EUA

Esta ilustração mostra a estrutura de uma nova molécula de DNA sintético, apelidada de DNA hachimoji, que usa os quatro ingredientes informacionais do DNA regular (verde, vermelho, azul, amarelo), além de quatro novos (ciano, rosa, roxo, laranja). (Foto: Escola de Medicina da Universidade de Indiana)   O ácido desoxirribonucleico, o famoso DNA, é uma molécula complexa que armazena e transmite informações genéticas — ela é passada dos pais para os descendentes em todos os organismos vivos na Terra. Em todo canto, seja você ou uma bactéria, seus componentes incluem quatro ingredientes-chave…

Leia Mais
Conhecimentos Pesquisa 

“Zona industrial” do Egito Antigo é descoberta em Luxor

  Luxor, a antiga Tebas, era o coração do Egito Antigo. Ela foi capital do Império durante um período glorioso, entre 1550 a.C. e 1070 a.C, época de faraós como Tutankhamon, Seth e Ramsés. Seus enormes templos e o impressionante Vale dos Reis, conjunto de 62 túmulos dos faraós egípcios, estão entre os destinos turísticos mais procurados do país. Agora, uma nova descoberta na cidade surpreendeu os arqueólogos: eles encontraram uma “área industrial” datando de 3.500 anos atrás. No local, composto por 30 oficinas e um grande forno para queimar…

Leia Mais
Conhecimentos Pesquisa 

14 livros por ano: os últimos (e produtivos) anos de Chico Xavier

Chico Xavier jamais abandonou o trabalho de psicografar. Se nos primeiros anos de mediunidade publicava dois livros por ano, a média subiu na mesma proporção em que sua fama aumentava. Nos anos 70, quando já tinha publicado mais de cem títulos, passou a lançar anualmente uma média de oito obras. Na década seguinte, subiu para 14. Paralelamente, nunca deixou de ampliar os trabalhos de caridade bancados pela venda dos exemplares. O primeiro sinal de cansaço veio com uma crise de angina, um estreitamento das artérias que levam sangue ao coração,…

Leia Mais
Conhecimentos Pesquisa 

‘Superfungo’ resistente a medicação se espalha rapidamente pelo mundo

      Fungo Candida Auris já possui registro em mais de 20 países. Não há casos no Brasil. Fungo Candida Auris Centers For Disease Control and Prevention (CDC)   Identificado pela primeira vez no ouvido de uma mulher japonesa em 2009, o Candida Auris é um fungo emergente de difícil diagnóstico que vem se espalhando pelo mundo. Ele é resistente a praticamente todos os medicamentos existentes e passou a ser classificado como um “superfungo”. Sem uma análise especializada, ele pode ser confundido com vários outros tipos comuns. Naturalmente, todo…

Leia Mais
Conhecimentos Pesquisa 

‘Me tornaram alérgica ao esperma do meu marido para que eu pudesse engravidar’

  Aos 33 anos, Kathryn Berrisford já havia sofrido quatro abortos espontâneos quando decidiu recorrer a tratamento polêmico, conhecido como imunoterapia com linfócitos paternos (IPL). Depois de sofrer quatro abortos espontâneos, Kathryn recorreu tratamento de Para a britânica Kathryn Berrisford, engravidar não era difícil. No seu caso, o desafio era concluir a gestação. Aos 33 anos, ela já havia sofrido quatro abortos espontâneos, e nenhum médico lhe sabia dizer o motivo. “A recomendação era de que eu continuasse tentando”, diz ela à BBC News Mundo, o serviço de notícias em…

Leia Mais
Conhecimentos Pesquisa 

Wilhelm Reich: Os controversos tratamentos sexuais de um dos psicanalistas mais radicais da história

  Nos anos 1920, o austríaco Wilhelm Reich (1897-1957) era considerado um dos discípulos mais promissores do pai da psicanálise, Sigmund Freud (1856-1939). Ele morreria décadas depois em uma prisão dos Estados Unidos, sob acusações de fraude e suspeitas de promover atividades sexuais ilícitas. Mas sua obra, que chegou a ser banida pelo governo americano, seria peça-chave para o movimento da contracultura nos anos 1960. Muitos o consideram, inclusive, o inspirador da revolução sexual e dos protestos de maio de 1968 na França – os atos foram iniciados por movimentos…

Leia Mais
Conhecimentos Pesquisa 

‘Agora sei por que não menstruo’: jovem conta como se descobriu (e se aceitou) intersexual

    Suz Temko venceu um câncer na adolescência, mas não sabia que isso seria mais fácil do que entender e aceitar sua intersexualidade. Após descobrir sua intersexualidade, Suz Temko achou que precisava ser mais feminina e se encaixar em certos padrões de beleza Suz Temko Suz Temko descobriu que era intersexual no dia da sua festa de formatura na escola e passou os 10 anos seguintes lutando com sua própria autoestima e identidade. Intersexual é o termo usado para descrever pessoas que nascem com características sexuais biológicas que não…

Leia Mais
Conhecimentos Pesquisa 

‘Erro dizer que homem descende do macaco’, diz biólogo sobre Teoria da Evolução no ‘Dia de Darwin’

    Há 210 anos, nascia Charles Darwin, considerado o pai da Teoria da Evolução e autor do famoso livro “A Origem das Espécies”, publicado em 1859. Nesta terça-feira, 12 de fevereiro, é comemorado em quase todo o mundo o #darwinday, “Dia de Darwin”, onde fãs sobem todos os anos a hashtag nas redes sociais em homenagem ao aniversário do naturalista britânico nascido em 1809. “De lá, pra cá”, houve muitas deturpações das análises do inglês. Em 2019, ainda há muita gente que não entende ou distorce as ideias de…

Leia Mais
Conhecimentos Pesquisa 

‘Dia mais triste do ano’ é a terceira segunda feira do ano, diz pesquisa

  Se você está desanimado ou triste nesta segunda-feira, 21, a ciência tem uma explicação: trata-se do Blue Monday (segunda-feira azul, em tradução livre), o dia mais triste do ano. A data foi estabelecida baseada no estudo do psicólogo Cliff Arnall, do País de Gales. Em 2005, ele criou uma equação que aponta que a terceira segunda-feira do ano é a mais triste. Isso porque as pessoas costumam sentir culpa pelos gastos excessivos nas festas de Natal, assim como melancolia pelo fim das férias, falta de motivação e irritação com…

Leia Mais
Conhecimentos Pesquisa 

‘Einstein e Newton estavam errados’: estimulada por políticos nacionalistas, ‘pseudociência’ avança na Índia

    Palestrantes de uma importante conferência realizada na Índia bateram de frente com a comunidade científica ao apresentar uma série de teorias irracionais durante o evento. Enquanto alguns acadêmicos indianos contestaram descobertas de Isaac Newton e Albert Einstein, outros argumentaram que os antigos hindus inventaram a pesquisa com células-tronco. A mitologia hindu e as crenças religiosas estão cada vez mais presentes na agenda de discussões do Congresso Científico Indiano, que acontece anualmente, indicando o avanço da chamada pseudociência. Mas, de acordo com especialistas, as declarações feitas durante a 106º…

Leia Mais
Conhecimentos Pesquisa 

Mudanças climáticas dificultam redução da pobreza, aponta relatório

  O relatório informa que os impactos das mudanças climáticas, tais como eventos de calor extremo, podem ser inevitáveis Agência Brasil   O Banco Mundial considera que as mudanças climáticas estão dificultando a redução da pobreza no mundo, colocando em risco a subsistência de milhões de pessoas. É o que aponta relatório divulgado hoje (23) pela instituição. Para o presidente do Grupo Banco Mundial, Jim Yong Kim, o documento “confirma o que os cientistas vêm dizendo: as recentes emissões [de gases de efeito estufa] criaram um curso inevitável para o…

Leia Mais
Conhecimentos Pesquisa 

Pesquisa mostra como ensinar o cérebro a ser mais afetuoso

    Uma breve passagem por um equipamento pode moldar o cérebro e nos tornar mais sociáveis, afetuosos e tolerantes. A experiência, ainda em estágio inicial, está sendo conduzida por pesquisadores do Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino (IDOR), e ofereceria novos tratamentos para comportamentos antissociais e transtornos como depressão pós-parto. Se o estudo for bem-sucedido, os desdobramentos influenciarão o modo como lidamos com situações estressantes ao nosso redor. A ativação das virtudes foi realizada com ajuda de exames de ressonância magnética funcional, em que os pesquisadores encontraram circuitos cerebrais…

Leia Mais
Conhecimentos Pesquisa 

Usuários de maconha envolvem-se mais com acidentes automobilísticos fatais

O Globo     AURORA, Colorado – A proporção de motoristas usuários de maconha envolvidos em acidentes fatais com carros e motos aumentou dramaticamente desde o início da comercialização da maconha medicinal, em 2009. O alerta vem de uma pesquisa da Faculdade de Medicina da Universidade do Colorado. A partir de dados da Administração Nacional de Segurança do Tráfego dos EUA, e considerando o período entre 1994 e 2011, os pesquisadores analisaram acidentes automobilísticos fatais no Colorado e em outros 34 estados, que não têm leis de maconha medicinal. Foi…

Leia Mais
Conhecimentos Pesquisa 

Pesquisa aponta que homens e macacos têm cérebros quase iguais

Análise do córtex pré-frontal de pessoas e chimpanzés mostra que a região funciona de forma muito semelhante nas duas espécies, exceto em uma área relacionada à tomada de decisões e à execução de várias tarefas simultaneamente Paloma Oliveto   Há tantas semelhanças genéticas e comportamentais que, às vezes, assusta. Na região cerebral responsável por pensamentos complexos e pela linguagem, por pouco o ser humano não é idêntico aos macacos, seus primos mais próximos na escala evolutiva. Um estudo da Universidade de Oxford que investigou os padrões de 12 redes de…

Leia Mais
Conhecimentos Pesquisa 

Pesquisa revela que europeus e asiáticos têm 20% de DNA neanderthal

O estudo também revelou que a presença neandertal no cromossomo X, que contém 5% do DNA, é praticamente nula   Há apenas quatro anos, quando o sequenciamento genético total de um indivíduo neandertal foi publicado pela equipe do biólogo evolutivo Svante Pääbo, nem sequer se sabia que esses seres extintos tinham cruzado com os humanos modernos. No princípio, boa parte da comunidade científica torceu o nariz para a informação que, hoje, é praticamente incontestável. Agora, dois estudos independentes publicados nas revistas Nature e Science revelam que a herança deixada pelo…

Leia Mais
Conhecimentos Pesquisa 

Cientistas convertem células comuns em células-tronco

  Técnica laboratorial relativamente simples indica uma maneira nova e barata de desenvolver tecidos e órgãos para o tratamento de doenças que vão do diabetes ao Mal de Parkinson Agência Estado Um tratamento laboratorial relativamente simples mostrou-se capaz de transformar células comuns de ratos em células-tronco, segundo um surpreendente estudo publicado na edição desta semana da revista especializada Nature. A pesquisa indica uma maneira nova e barata de desenvolver tecidos e órgãos para o tratamento de doenças que vão do diabetes ao Mal de Parkinson. Cientistas britânicos e japoneses expuseram células de…

Leia Mais
Conhecimentos Pesquisa 

Primata Ardipithecus era mais humano que macaco, aponta estudo

  Embora tivesse um pequeno cérebro e um dedão anatomicamente desenhado para trepar em árvores, ele exibia dentes caninos muito semelhantes ao do homem Um dos mais acalorados debates sobre as origens do Homo sapiens concentra-se em como a espécie africana Ardipithecus ramidus, que viveu há 4,4 milhões de anos, relaciona-se com a linhagem humana moderna. Ardi, como é chamado o primata, habitava a região onde hoje é a Etiópia e tinha características incomuns. Embora tivesse um pequeno cérebro e um dedão anatomicamente desenhado para trepar em árvores, ele exibia…

Leia Mais
Conhecimentos Pesquisa 

Pílula paralisa os espermatozoides e funciona como ‘vasectomia biológica’

  Além de reversível, a técnica baseada em terapia genética não comprometeu o desempenho sexual. Mas eficácia ainda não é considerada satisfatória para uso em humanos Correio Braziliense Um grupo de cientistas da Universidade Monash, em Melbourne, na Austrália, apresentou ontem resultados promissores em experimentos que buscam uma via “alternativa” para a pílula anticoncepcional masculina. A técnica, baseada em terapia genética, funciona como uma espécie de vasectomia biológica. Camundongos foram alterados geneticamente para não expressar as proteínas alfa1A-adrenérgico e P2X1-purinoceptor, envolvidas na locomoção do gameta masculino. Durante o ato sexual,…

Leia Mais
Conhecimentos Pesquisa 

Nova espécie de dinossauro ‘narigudo’ é descoberta nos EUA

  Uma equipe de cientistas americanos descobriu uma nova e incomum espécie de dinossauro no deserto do Estado americano de Utah, na região do Meio Oeste dos Estados Unidos. Com 5 metros de comprimento, o extinto animal, batizado de Nasutoceratops titusi é parte da família do triceratope, mas tem como características únicas a presença de um nariz enorme e chifres excepcionalmente grandes. O estudo dos cientistas foi publicado no periódico especializado Proceedings, da Sociedade Real de Ciências Biológicas. Mark Loewen, da Universidade de Utah e do Museu de História Natural…

Leia Mais
Conhecimentos Pesquisa 

Evolução das cidades As cidades surgiram como centro das civilizações, e acompanharam a história humana desde a Antiguidade até os dias atuais.

  Os mais antigos registros arqueológicos encontrados de ruínas de cidades remontam à Revolução Neolítca, por volta de 4.000 a 3.000 a.C.. A constituição das cidades na Antiguidade tinha por objetivo ser centro de comércio eou também como fortificações de guerra contra inimigos. Percebe-se nas cidades do período o início da divisão do trabalho e a utilização de meios de troca, como conchas e pedras semipreciososas, no comércio. As cidades surgiram inicialmente como pequenas aldeias às margens de rios, e com o crescimento populacional e das atividades passaram a constituir…

Leia Mais
Conhecimentos Pesquisa 

Como é feita uma autópsia?

  Um médico-legista abre e analisa os órgãos de três cavidades do corpo: crânio, tórax e abdome, para descobrir as circunstâncias e as causas da morte. Só três situações exigem esse tipo de exame: 1) morte violenta ou suspeita, quando o corpo é levado para o Instituto Médico Legal (IML); 2) morte natural em que faltou assistência médica ou por doença sem explicação, que fica a cargo do Serviço de Verificação de Óbitos (SVO); 3) ou quando a doença é rara e precisa ser estudada, mais comum em hospitais acadêmicos.…

Leia Mais
Conhecimentos Pesquisa 

Quanto tempo um espermatozóide sobrevive dentro do corpo da mulher?

  Os espermatozóides mais poderosos sobrevivem até cinco dias, mas a média de sobrevivência é de 48 a 72 horas depois da ejaculação. Essa sobrevida significa que dá, sim, para uma garota engravidar mesmo fora do período fértil. Se ela transar dois ou três dias antes da ovulação, pode rolar a fecundação. “Os espermatozóides que sobrevivem por mais tempo são os que carregam cromossomos X – se eles fecundarem um óvulo, dão origem a uma menina. Eles são mais lentos e economizam energia. Já os espermatozóides Y – que dão…

Leia Mais